sexta-feira, 20 de abril de 2018

NEM MARAVILHAS NEM ESPELHOS - APENAS ALICE: UM ESPETÁCULO SOBRE ABUSO

Daqui a um mês estreia em Curitiba um peça de teatro que vai dar o que falar: Apenas Alice 
Com o objetivo de expor e questionar algumas atitudes praticadas pela medicina e pela sociedade moderna, coletivo teatral independente cria espetáculo baseado em estudos das obras do escritor Lewis Carrol
Duas histórias, ambas criadas durante o séc. XIX, inspiraram os artistas Bila Ivankio e Daniel de Mattos Keller a criar um enredo original, denso e viscoso. Produzida por um grupo de jovens artistas de Curitiba chamado Multipersonas Coletivo Teatral, a montagem Nem Maravilhas Nem Espelhos - Apenas Alice levanta a questão: se hoje fosse permitido trancafiar as pessoas em lugares como os antigos hospícios, aqueles que se dizem “sadios” escolheriam NÃO fazê-lo?
Analisando estudos feitos sobre as obras Alice no País das Maravilhas, de 1865 e Alice Através do Espelho e O Que Ela Encontrou Por Lá, de 1871, ambas do escritor Lewis Carrol, o Multipersonas Coletivo Teatral criou uma peça que mostra como as drogas e os tratamentos que deveriam curar a humanidade, na verdade corromperam a mente de milhares de pacientes e também daqueles que deveriam zelar por eles.
Um de nossos maiores objetivos é fazer a plateia vivenciar esse ‘status maluco’, o desespero de se sentir perdido em vida. Sabemos muito pouco sobre o cérebro humano, mas sabemos que mexer com ele é uma viagem quase sem volta”, explica a diretora e co-autora, Bila Ivankio.
A peça
Depois de produzir um espetáculo com uma turma de teatro infantil, Bila vislumbrou a possibilidade de aproveitar melhor o enredo e direcioná-lo ao público adulto. Foi assim que o novo texto começou a surgir, em novembro de 2016: “Era um texto intenso e que não me deixava dormir. Foi depois de algumas madrugadas escrevendo em um ambiente pouco iluminado, que as cenas apareceram. A primeira cena foi ‘batizada’ de ALMA”, relembra Daniel de Mattos Keller, co-autor e ator.
A peça Nem Maravilhas Nem Espelhos - Apenas Alice não fala do país das maravilhas e tão pouco do que há do outro lado do espelho. A história ainda gira em torno de Alice, porém, em um ambiente muito mais estranho e doentio do que os mundos pelos quais a menina já “viajou”. Abandonada pelos pais por ser considerada uma vergonha, Alice, diagnosticada como esquizofrênica, vive agora em um lugar sem cor, onde tudo é branco exceto pelas manchas de sangue deixadas por seus habitantes.
O “Projeto Alice” é o resultado de um longo processo de estudos, experiências e dinâmicas. Além da prática física – que envolveu exercícios do Teatro da Crueldade (de Artaud) e do distanciamento Brechtiano (de Bertolt Brecht) – o grupo estudou e promoveu discussões sobre as diversas doenças psicológicas e seus respectivos tratamentos psiquiátricos e medicamentosos.
Daniel explica que o projeto trouxe a chance de abordar questões relacionadas sobre como enxergamos e lidamos com as pessoas: “Há um abuso generalizado e que não se aplica só aos ‘doentes’, mas a toda população estigmatizada e/ou excluída, como os aleijados, portadores de deficiência, mendigos, viciados ou pessoas que vivem na miséria. E até mesmo as pessoas com depressão, idosos e a própria classe artística”, esclarece.
Após alguns contatos com teatros e espaços culturais (e muitas conversas sobre quando estrear a peça), o grupo teve a antevisão da data: dia 18 de Maio, o Dia Nacional de Combate ao Abuso e à Exploração Sexual de Crianças e Adolescentes. “Foi um sinal claro! Tínhamos que conseguir esse dia em algum lugar porque não podíamos perder essa oportunidade para passar uma mensagem tão importante. Foi quando tivemos um retorno da Secretaria de Estado da Cultura - SEEC. Eles gostaram do enredo e da forma como escolhemos abordar um assunto tão delicado, como o abuso e a exclusão social”, relembra Daniel.
Os personagens
A ambientação da peça começa com os próprios personagens. Nessa versão, os personagens do Universo criado pelo escritor Lewis Carroll tem um equivalente no mundo real, tratado neste enredo como o “Mundo Doente”. Criar esses “duplos” foi a maneira que os autores escolheram para fazer um paralelo entre o novo enredo e as referências das histórias de Carrol.  
Mariane Rocha como Alice e Vivi Padilha como mãe. 
Diversos personagens das duas obras com Alice foram mantidos no projeto:
     Chapeleiro Maluco: um interno que sofre de transtorno de personalidade. Oscila entre várias personas, podendo ser amigável, brincalhão, alegre, depressivo, calmo, triste ou violento. 
 Jorge Augusto Costenario como Cheshire, Vivi Padilha como Diretora e Jess Oliveira como Enfermeiro-chefe 
     Lebre de Março: colega de quarto do Chapeleiro. Sofre de ansiedade crônica e Síndrome do Pânico. É extremamente ativa, se irrita facilmente e precisa de sedativos fortes para conviver com os outros pacientes.
     Gato de Cheshire (Gato Risonho): o único enfermeiro que se aproximou de Alice. Seu sorriso é cativante, marcante e assustador ao mesmo tempo. É um homem que se entretém com abusos físicos e psicológicos.
     Coelho Branco: esse personagem representa o tempo, a rotina e os compromissos típicos da cultura inglesa. Nessa montagem, ele é o chefe dos enfermeiros, um homem neurótico e controlador.
     Rainha de Copas: herdeira e diretora do instituto. É uma mulher dura e que não sente remorso ou compaixão pelos internos. É a favor da terapia de choque e da lobotomia.
     Rainha Branca: é a representação da figura materna. Uma criação da mente de Alice, profundamente ligada às memórias que a jovem tem de sua mãe.
     Lagarta Azul: é a ponte entre o Mundo de Alice e o Mundo Doente. Esse personagem é o psiquiatra do hospício e representa o elemento de lucidez na peça.
     Tweedle Dum e Tweedle Di: gêmeos siameses para alguns, paciente com dupla personalidade consciente para outros. Falam juntos e estão sempre unidos. Dois corpos e duas mentes, Dum e Di, Ying e Yang.

Os outros personagens foram inseridos no enredo durante a criação da história para trabalhar o lado humano de Alice:
     Mãe: uma mulher sem voz e arrependida. Uma mãe que não conseguiu coragem para lutar por sua filha. Representa a serenidade máxima e a redenção.
     Pai: um homem típico do século XIX, ou seja, preocupado com seu papel na sociedade, sua família e principalmente, sobre o que os outros pensam e dizem sobre ele. É o principal responsável pelo internamento de Alice.

     Ana, a irmã de Alice: de acordo com documentários sobre a vida de Lewis Carroll, Alice existiu e tinha duas irmãs. Aqui, Ana é a única que Alice reconhece e confia totalmente. Ana nunca aceitou a decisão dos pais e é a personificação da persistência e do amor fraternal.
                            Daniel de Mattos Keller como Psiquiatra, Jorge Augusto Costenario e Julia Charlee como Dum e Di, e Bolívar Escobar como Chapeleiro. 

Sinopse
Nem Maravilhas Nem Espelhos - Apenas Alice é uma montagem inédita e autoral. Um texto novo, mas que fala de uma questão muito antiga e que sempre esteve presente na história da humanidade: o abuso.
Nesta peça, utilizamos alguns dos vários estudos sobre as obras do escritor Lewis Carrol para contar a história de Alice de forma inusitada. Não falamos do País das Maravilhas e tão pouco do que há do outro lado do espelho. O projeto Nem Maravilhas Nem Espelhos - Apenas Alice mostra como as drogas e os tratamentos que deveriam curar a humanidade, na verdade corromperam a mente dos pacientes e também daqueles que deveriam zelar por eles. A história acontece em um ambiente muito mais estranho e doentio do que os mundos pelos quais a menina já “viajou”. Abandonada pelos pais por ser considerada uma vergonha, devido a sua esquizofrenia, Alice vive agora em um lugar sem cor, onde tudo é branco exceto pelas manchas de sangue deixadas por seus habitantes.
Nessa montagem, exploramos o ambiente dos antigos hospícios – hoje extintos na maior parte do mundo – para contar a história desses personagens, que oscilam entre realidade, sonho e loucura.
FICHA TÉCNICA
Direção e Dramaturgia: Bila Ivankio e Daniel de Mattos Keller
Gênero: Drama 
Classificação: 16+ 
Tempo de duração: 90min
Elenco:
Bolívar Escobar
Daniel de Mattos Keller
Jess Oliveira
Jorge Augusto Costenario
Julia Charlee
Mariane Rocha
Vivi Padilha

Figurino, Cenário e Maquiagem: Multipersonas Coletivo Teatral
Trilha sonora original: Beto Siri
Apoio: Secretaria de Estado da Cultura - SEEC, ACCIO Comunicação Estratégica, Camila Borba Fotografia, Colégio Integral, KLOSS Áudio, Studio Santa, Almofofíssimas - Amor em paninhos e Relojoaria Neves.

APRESENTAÇÕES
Dias 18, 25 de Maio e 1 de Junho (sexta-feira)
Horário: 20h
Local: Auditório da Secretaria de Estado da Cultura (Rua Cruz Machado, 138, Centro, Curitiba/PR)
Dias 19 e 26 de Maio (sábado)
Horário: 19h
Local: Teatro Rodrigo D´Oliveira (Rua Trajano Reis, 41, Centro Histórico - Largo da Ordem, Curitiba/PR) 
Ingressos: Para os dois espaços: R$40 (inteira) e R$20 (meia-entrada) | Compra de ingressos antecipados na bilheteria do teatro.

Siga a página no Facebook: @nemaravilhas 

EVENTO LITERÁRIO DISCUTE LIMITES ENTRE FICÇÃO E REALIDADE



A PUCPR recebe na próxima terça-feira (24) a dramaturga e escritora portuguesa Patrícia Portela para o lançamento de seu livro “A coleção privada de Acácio Nobre”. 

O evento acontecerá no auditório Sobral Pinto a partir das 19h e contará com um bate-papo com Julie Fank, escritora e fundadora da ESC — Escola da Escrita, e Otto Leopoldo Winck, doutor em Estudos Literários e vencedor do Prêmio Nacional de Academia de Letras da Bahia de Romance 2005, que irão explorar a linguagem e a construção da narrativa híbrida, estruturada entre o romance e a biografia.

A iniciativa é uma parceria da PUCPRESS, editora da PUCPR, e editora Arte & Letra, que convidam a ESC— Escola de Escrita. É a primeira ação conjunta entre as marcas que sela uma parceria que visa promover a discussão sobre os temas literários.

Sobre a obra
O romance, lançado em Portugal em 2016, recria a trajetória de Acácio Nobre (1869-1974), um visionário, artista, cientista, matemático, engenheiro, poliglota e apoiador de tudo que pudesse ser genuinamente revolucionário. A narrativa reconstrói o universo acaciano a partir de cartas, objetos e fragmentos de lembranças, imagens que reconstroem a memória e recuperam a incrível trajetória deste gênio português que teve sua história apagada pela ditadura salazarista.



CURITIBANA LANÇA ROMANCE FICCIONAL SOBRE UMA HISTÓRIA DE AMOR SOBRENATURAL



A escritora Enoizi Soviersovski (E E Soviersovski) lança, no dia 10 de Maio (quinta-feira), às 19h30, na Livrarias Curitiba do ParkShoppingBarigüi, o romance ficcional “Novas Verdades, um único amor”, seu primeiro livro, que narra a paixão avassaladora de personagens distantes milhões de anos-luz da Terra. A narrativa parte de uma situação de conflito de Alessandra – personagem que se apaixona por Yan, um importante líder no planeta Drah Senóriah.

“Novas verdades, um único amor”, editora Pandorga. Será lançado na loja das Livrarias Curitiba do ParkShoppingBarigüii recebe os leitores e convidados na quinta-feira, dia 10 de maio, a partir das 19h30, com a presença da autora.

Serviço: Lançamento do livro “Novas verdades, um único amor”
Data: 10 de Maio de 2018, às 19h30 
Local: Livrarias Curitiba do ParkShoppingBarigüi
Entrada franca
Preço de capa do livro: R$ 34,90.

EVENTO JOIARTE INTEGRA AGENDA FASHION REVOLUTION


Evento Joiarte nos dias 27 e 28 de abril integra agenda Fashion Revolution e terá presença de consultoras de imagem e estilo

Nos dias 27 e 28 de Abril as onze marcas que formam o coletivo Joiarte – Movimento de Joias Contemporâneas estarão reunidas na Naddya Emmendoerfer - Conceito Criativo, no Batel, para apresentar ao público a diversidade, a beleza e a qualidade dos acessórios autorais de Curitiba. Além de poder adquirir peças exclusivas, o público poderá ouvir sobre o processo criativo das designers e também conferir dicas de três consultoras de imagem e estilo que estarão no evento em períodos distintos. Toda a programação é gratuita.

Em seu primeiro evento, o Joiarte já adere ao Fashion Revolution, movimento global que visa a conscientização de  produtores e consumidores para uma indústria da moda mais sustentável. “Acreditamos que é importante aliar conteúdo à iniciativa do Joiarte, pois queremos que as pessoas entendam os conceitos que estão embutidos em cada iniciativa como  sustentabilidade e consumo consciente”, diz Tatiana Gravina, idealizadora do Joiarte. Participam do coletivo curitibano Austral, Ellen Piragine, Naddya Emmendoerfer Collection, Nanda Gagliastri, Noiga, Sharoni Aizental, Acessórios Zavvadinack, Tatiana Gravina, Ivy Lipsky, Tatiane Jagher e VLuxo.


Confira a programação do evento Joiarte: 
Sexta-feira
Das 11 ao meio-dia - Conheça quem Faz dentro da programação do Fashion Revolution: bate-papo sobre o processo criativo e origem dos produtos com as criadoras das marcas integrantes do coletivo Joiarte
Inscrição gratuita no  https://goo.gl/VG151m
20 vagas limitadas.
 
Do meio-dia às 14h30 – presença da consultora de imagem e estilo Claudia Anschau. 
Das 15 às 17h30 – presença da consultora de moda e estilo Elisa Kohl

Sábado
das 16h30h às 18h – presença da consultora de moda e estilo Marcia Caldas Vellozo Machado

Serviço: Joiarte – Movimento de Joias Contemporâneas
Dias: 27 das, 11h às 20h, e 28 de abril, das 11h às 18h.
Local: Naddya Emmendoerfer - Conceito Criativo, Rua Gonçalves Dias, 125, Batel, Curitiba, PR
Entrada gratuita. |Estacionamento facilitado. |Aceita cartões. 
@joiarteCuritiba
Coordenação: Tatiana Gravina (41. 99990.0079)
Assessoria de Comunicação: Dani Brito (41. 99951.9083)
Redes sociais: Priscilla Cruz @tagueando
Editorial
Fotos: Felipe França @felipebdfranca
Produção e Estilo: Victor Sálvaro @victorsalvaro
Beleza: Wagner Stope @wagnerstope
Assitência: Alexandre Scandelari @destrezae
Modelo: Julia B. (Forum Model) www.aforum.com.br


MINI US VAI AGITAR O SÁBADO NO SHOPPING

A recém-inaugurada loja Mini U.S. promove amanhã, sábado (21/04) uma tarde especial para os curitibaninhos. Das 16h às 19h, a loja - localizada no primeiro piso do ParkshoppingBargüi - estará repleto de atrações como contação de histórias, comidinhas e pintura facial. O evento é aberto ao público.

Nas araras, as últimas novidades da coleção de inverno para meninos e meninas com idade entre dois e dez anos, MINI US, e para os adolescentes entre 12 e 18 anos, com a linha linha Craz US. 


A proposta da marca é ultrapassar todas as fronteiras para uma aventura divertida e despretensiosa. Para isso, a equipe de estilo buscou suas referências em diversos lugares do mundo e trouxe para a On The Road, um contraste entre o ambiente urbano e a natureza, que incorpora toda essa ideia de explorar o que é novo e inusitado.

A coleção propõe peças para que os pequenos possam ter mais liberdade para brincar, mas sem perder o estilo e a atitude rock´n roll, essência da marca. Entre os destaques, tecidos confortáveis como moletom, meia malha de algodão, plush, tricoline, sarja e jeans. As crianças mais aventureiras terão à disposição peças com visual autêntico e livre de padrões. Na paleta de cores estão: o laranja, verde militar, roxo e chumbosão.


quinta-feira, 19 de abril de 2018

SAPATILHAS SÃO PRESENTE IDEAL PARA MÃES DE TODOS OS ESTILOS


Há mais de 60 anos as sapatilhas começaram a se popularizar por meio de filmes estrelados por Audrey Hepburn e Brigitte Bardot. De lá para cá, grifes famosas e lojas multimarcas começaram a apostar neste tipo de calçado para compor suas coleções.
Atualmente, a versatilidade e o conforto para uso no dia a dia transformaram a sapatilha em item indispensável nos guarda roupas de mulheres de todos os estilos. Para o dia das mães a Estação da Sapatilha aposta em centenas de modelos para surpreende-las, incluindo uma promoção sem igual com três pares por R$99,90. 

Além das sapatilhas, a loja também oferece rasteiras, iates (sapatos com solado tratorado), scarpins, peep toes e botinhas. Ou seja, opções que certamente agradarão a todas as mamães. Entre os diferenciais da Estação da Sapatilha estão a ampla numeração, a modelagem confortável e as novidades que chegam às lojas toda semana.
A Estação da Sapatilha tem duas lojas em Curitiba, uma na Travessa Tobias de Macedo, 61 – Centro que funciona de segunda a sexta, das 9h00 às 18h30 e aos sábados das 9h00 às 14h00 e outra na Rua Mateus Leme, 3230 – São Lourenço com funcionamento de segunda a sexta das 9h00 às 18h30 e aos sábados das 9h00 às 16h00. Para mais informações, aceda a: https://www.facebook.com/estacaodasapatilhacuritiba/
Fotografia: Daniel Fiedler.

V.I.P. DAY BY VR COLLEZIONI


Na noite da última quinta-feira, dia 12, na loja VR do Pátio Batel, aconteceu o VR Collezioni V.I.P. Day, onde seletos convidados participaram de um coquetel de lançamento da nova coleção de outono inverno da marca: a Il Cavaliere, com um conceito esportivo, remetendo à elegância e contemporaneidade, inspirado na Arte Eqüestre. 

Com uma vestimenta completa ao homem – da cabeça aos pés – sapatos, paletós, gravatas, calças sociais e blusas, a versatilidade e a elegância compõem a nova coleção, que garante tecidos tecnológicos com fit de alta qualidade e comfort wear minimalista em malhas. Valorizando de forma poética a força, a ousadia e a beleza, a Il Cavaliere tem um novo olhar para a relação entre o homem/cavalo, onde a prioridade é a liberdade de movimento.

Para conhecer mais os produtos da VR, os interessados devem ir até uma das lojas, localizadas nos Shoppings Pátio Batel e ParkShoppingBarigüi. Para saber mais sobre a marca siga as redes sociais da VR: Facebook e Instagram.

Fotografia: Naideron Jr


quarta-feira, 18 de abril de 2018

Cvent ANUNCIA EDIÇÃO do E2- EVENT EXPERIENCE EM CURITIBA



Em abril, os profissionais da área de eventos de Curitiba e região poderão participar de mais um encontro promovido pela Cvent, a mais completa plataforma de gerenciamento de eventos do mercado. O evento acontecerá dia 27 de Abril no hotel NH Curitiba The Five, local onde os participantes terão acesso a informações de mercado e tecnologia para aumento de produtividade de organizadores de eventos, gestão de participantes, além de inovações tecnológicas para os profissionais da cadeia de eventos. As edições anteriores contaram com a presença de 180 participantes, entre organizadores de eventos (clientes finais) e agências de eventos. Segundo Luiz Trindade, gerente comercial da PEGE+, revendedor exclusivo da Cvent no Brasil, o E2 – Event Experience é uma iniciativa que leva informação qualificada aos profissionais do mercado. 

Notamos que esses profissionais sentiam falta de um evento que mostrasse o que existe de mais avançado no setor, desde tecnologias de ponta, passando pelos estudos de mercado mais recentes, até chegar à demonstração de como atender as expectativas dos clientes por algo inovador, elevando a experiência dos participantes de eventos em todos os pontos de contato”, diz.

O evento tem como principal parceiro a Giga, empresa que atua em eventos técnicos e científicos, fornecendo soluções audiovisuais e tecnologias que garantem o sucesso de cada evento. O evento também conta com o apoio do hotel NH Curitiba The Five, ABEOC-PR e Curitiba Convention & Visitors Bureau.

O E2 – Event Experience é gratuito e as inscrições podem ser feitas por meio do link http://www.cvent.com/d/6gqm2n?RefID=PR.

Serviço: Evento: E2 – Event Experience
Público-alvo: organizadores de eventos em Curitiba e região 
Data: 27 de Abril de 2018, (sexta-feira) 
Horário: das 9h às 12h30
Local: NH Curitiba The Five (Rua Nunes Machado, 68 - Centro, Curitiba - PR)        
Informações: (11) 3217-7881 / (11) 3217-7352  
comercial@pegemais.com.br    
www.pegemais.com.br

TEATRO NOVELAS CURITIBANAS RECEBE: ISADORA EM FRAGMENTOS

A autobiografia da dançarina Isadora Duncan entra em cena no Teatro Novelas Curitibanas a partir desta semana com a peça Isadora em Fragmentos. O espetáculo acontece de quinta a domingo, às 20h, e o ingresso é no sistema pague quanto vale. 

A peça aborda a vida da bailarina a partir dos aspectos astrológicos de sua carta natal. Transitando por sua obra, seus ideais e pelas circunstâncias de sua vida, a narrativa mostra as facetas de sua personalidade, reveladas pelas constelações celestiais de seu mapa astral. O espetáculo tem roteiro e direção de Luciana Barone.

Serviço: Espetáculo Isadora em Fragmentos 
Local: Teatro Novelas Curitibanas – Rua Carlos Cavalcanti, 1222
Data: de 19 de Abril a 29 Abril, de quinta a domingo, às 20h
Ingressos: Pague quanto vale.

ANTONIO FAGUNDES VEM A CURITIBA COM A COMÉDIA BAIXA TERAPIA

Assistida por mais de 90 mil expectadores em São Paulo, a peça que rendeu o prêmio Shell de melhor atriz para Ilana Kaplan, segue em turnê nacional. Ela chega em única apresentação na capital paranaense, dia 6 de maio, no Guairão. 

Com grande sucesso de público e crítica, a comédia “Baixa Terapia”, assistida por mais de 90 mil espectadores em São Paulo, segue em turnê nacional, que chega a Curitiba. Escrita pelo argentino Matias Del Federico e dirigida por Marco Antônio Pâmio, ela tem como destaque no elenco o consagrado ator Antonio Fagundes. O espetáculo será no dia 6 de Maio, domingo, em única apresentação, às 18 horas, no Teatro Guaíra, grande auditório. Há um ano em cartaz na capital paulista, a peça conta ainda com os atores Mara Carvalho, Alexandra Martins, Fábio Espósito, Bruno Fagundes e Ilana Kaplan, que foi a vencedora do Prêmio Shell de melhor atriz, neste ano, pela personagem interpretada na comédia. Com realização Orth Produções e C5 Produções, os ingressos estão sendo vendidos pelo Disk Ingressos.

A debochada comédia, que tem um final surpreendente, apresenta três casais, um após o outro, que chegam para uma sessão de terapia. Quando se encontram, descobrem que a psicóloga não foi e terão que conduzir a sessão em grupo. Ela deixou a sala preparada com café, água e bastante whisky, além de uma mesa com envelopes numerados, repleto de instruções de como devem conduzir essa sessão especial. O objetivo é que todas as questões sejam resolvidas em grupo. A partir daí vem à tona queixas, confissões, suspeitas, revelações, verdades e mentiras, da maneira mais ‘escrachada’ para eles e divertidíssima para o público.
Fotografia: Caio Gallucci. 
Os três casais são formados por Ariel (Antônio Fagundes) e Paula (Mara Carvalho), Estevão (Bruno Fagundes) e Tamara (Alexandra Martins) e Roberto (Fábio Espósito) e Andrea (Ilana Kaplan). São pessoas com diferentes problemas e conflitos. A sessão corre regada a whisky e vai se aprofundando nos problemas de todos eles.
Cada envelope trata de temas para cada um dos casais. O ambiente vai esquentando até tornar-se quase caótico. Não são todos que estão dispostos a se abrir para falar dos assuntos que os afligem e aos seus parceiros - já que ocultam algo que jamais revelariam. No final, a sessão de terapia se converte em uma armadilha hilariante. Já teve uma "DR"? Você não imagina a deles! Baixa Terapia é uma louca comédia com diálogos ácidos, às vezes contraditórios, que fluem num ritmo vertiginoso e mantém o público ligado desde o primeiro minuto.

FICHA TÉCNICA:
Texto: Matias Del Federico
Adaptação: Daniel Veronese
Tradução: Clarisse Abujamra
Direção: Marco Antônio Pâmio
Elenco: Antonio Fagundes, Mara Carvalho, Alexandra Martins, Ilana Kaplan, Fábio Espósito e Bruno Fagundes
Assessoria Jurídica: Onesti Advogados
Assessoria de imprensa: Coletiva Comunicação
Assistentes administrativos: Gustavo de Souza e Vanessa Campos
Diretor de produção: Carlos Martin

SERVIÇO: BAIXA TERAPIA com ANTONIO FAGUNDES E GRANDE ELENCO
Local: Grande Auditório do Teatro Guaíra (Guairão) - Rua XV de Novembro, 971, Curitiba | PR
Data: 6 de Maio de 2018 (Domingo)
Abertura do teatro: 17h / Horário do início do espetáculo: 18h
Classificação etária: 14 anos.
♦ Menores de 14 anos somente terão acesso ao evento acompanhados dos pais ou responsável legal.
♦ Não será permitida a entrada de crianças menores de 6 anos, mesmo acompanhados pelos pais.
♦ Crianças também pagam para assistir ao espetáculo.
Realização: ORTH Produções e C5 Produções
Ingressos: https://www.diskingressos.com.br/event/baixa_terapia_antonio_fagundes e nos postos de vendas credenciados do Disk Ingressos.
Valores: à partir de R$ 56,00 (meia-entrada no 1º BALCÃO) e R$ 146,00 (inteira na PLATEIA PREMIUM). INFORMAÇÕES: 41 3315-0808 www.diskingressos.com.br 


MÉDICO CURITIBANO PALESTRA EM CONGRESSO NA AUSTRÁLIA

MOMENTO SAÚDE E BEM-ESTAR

O presidente da Sociedade Paranaense de Cardiologia e diretor geral da Quanta Diagnóstico e Terapia, João Vítola, é um dos palestrantes convidados para o 12º Congresso da Federação Mundial de Medicina Nuclear e Biologia, que acontece entre os dias 20 a 24 de Abril, em Melbourne, na Austrália.

O evento, que conta com especialistas de renome mundial, discute as principais novidades e estudos na área de medicina nuclear em suas aplicações cardiológicas e oncológicas. Vítola ministrará palestras sobre estratégias e protocolos para identificação de risco do infarto do miocárdio e/ou morte cardíaca, apresentando pesquisas e protocolos inovadores que estão sendo desenvolvidos em Curitiba. 

Entre os temas que serão abordados pelo cardiologista estão resultados de uma das pesquisas feitas na capital paranaense em parceria com a Agência Internacional de Energia Atômica da Organização das Nações Unidas, que teve a cooperação de 65 países, com o objetivo de otimizar os protocolos de investigação da doença cardíaca minimizando a exposição à radiação nos exames (Estudo INCAPS). Ainda serão apresentados dados preliminares de pesquisas desenvolvidas atualmente em parceria com outros 37 países, patrocinadas pelo Instituto Nacional de Saúde dos Estados Unidos, que avaliam os potenciais benefícios de tratamentos de revascularização do miocárdio dirigida pela imagem nuclear (Estudo ISCHEMIA).

Para conhecer mais sobre a Quanta Diagnóstico e Terapia aceda ao site www.quantadiagnostico.com.br.


terça-feira, 17 de abril de 2018

JORGE DREXLER LANÇA DISCO "SALVAVIDAS DE HIELO" NA ÓPERA DE ARAME

Os ingressos estão sendo vendidos pelo Disk Ingressos.

A Ópera de Arame, em Curitiba recebe na sexta-feira (20), um dos grandes nomes da música latino-americana, o cantor e compositor Jorge Drexler, com o show de lançamento do novo disco "Salvavidas de hielo”. 
No novo trabalho, o artista uruguaio teve um grande desafio criativo ao utilizar um único instrumento, o  violão,  tocado tanto de modo tradicional como de formas alternativas, para explorar toda sua capacidade percussiva, fazendo experimentações para dar vida as suas canções, sendo uma oposição ao trabalho anterior, que girava em torno de grande variedade sonora.  Com realização da Music Tour e Orth Produções, os ingressos estão sendo vendidos pelo Disk Ingressos. 
Fotografia: Lucia Mphoto. 

As onze músicas autorais de “Salvavidas de hielo" abordam expressões pessoais do universo do cantor como migração, tempo, amizade e outras. Ele foi  gravado entre o México e a Espanha, onde reside há duas décadas.  Entre as principais canções estão "Movimento" (música de abertura)",  “Telefonia”, “Silencio” e “Pongamos que hablo de Martínez” (que presta uma homenagem a Joaquín Sabina seu amigo, que o incentivou a ir para Madri apresentar suas músicas, onde acabou residindo), além de contar com participações especiais em duetos com as cantoras mexicanas Julieta Venegas e Natalia Lafourcade e com a chilena  Mon Laferte.

Drexler, que é um dos grandes nomes da música latino-americana, teve seu reconhecimento internacional depois de ganhar o Oscar pela trilha sonora do filme “Diários de Motocicleta”, do diretor brasileiro Walter Salles, em 2005. A canção "Al Otro Lado del Río", do álbum "Eco²", foi a primeira música em espanhol a vencer o Oscar de Melhor Canção Original. Em 2014, contou com a parceria do consagrado cantor brasileiro, Caetano Veloso, no seu disco, "Bailar en la Cueva", gravado na Bolívia. Com este trabalho ganhou dois Grammy Latinos (nas categorias Gravação do Ano e Melhor Álbum de Cantor-Compositor), e foi indicado ao Grammy Awards (categoria do Melhor Disco de Rock Latino, Urbano ou Alternativo), sendo um álbum mais festivo e dançante. Com 14 discos lançados durante sua carreira, além de músico, ele é médico especializado em otorrinolaringologia.

SERVIÇO: Jorge Drexler na Ópera de Arame 
Local: Ópera de Arame (Rua João Gava, 874 - Abranches, Curitiba - PR, 82130-010 (41) 3213-7500)
Data: 20 de Abril de 2018 (Sexta-feira).
Abertura da casa: 20h / Horário previsto do início do show: 
21 h
Classificação etária: 14 anos (acompanhado dos pais).
Ingressos: http://www.diskingressos.com.br/evento/7267 e nos postos de vendas credenciados do Disk Ingressos.
Realização: MUSIC TOUR /ORTH Produções
INFORMAÇÕES: 41 3315-0808 
www.diskingressos.com.br

CAIXA CULTURAL TRAZ A CURITIBA O TALENTO DE SEBASTIÃO TAPAJÓS

No espetáculo “Por entre as árvores”, o renomado violonista nascido em Santarém apresenta suas composições ao lado do pianista Anderson Dourado

A CAIXA Cultural Curitiba apresenta o espetáculo de um dos violonistas brasileiros mais reconhecidos e aclamados no país e no exterior. Trata-se de Sebastião Tapajós que preparou o show “Por entre as árvores” em sua terra natal, no Pará, inspirado pela paisagem que cerca seu local de trabalho: as árvores da Floresta Amazônica e o rio Tapajós. O espetáculo celebra seus 74 anos de vida, comemorados em 16 de abril. O diálogo entre o violão mágico de Tapajós e o piano de Anderson Dourado é o diferencial desse show. O pianista já trabalha com Sebastião desde o disco “Da Lapa ao Mascote”, lançado em 2013.

O nome do espetáculo, “Por entre as árvores”, que também é o título de uma das canções do show, define a vontade do músico de transportar o ambiente sensorial de sua residência, em Santarém, para dentro do palco. “A música tem esse nome por conta do ambiente onde foi composta, na sala de ensaios que fica em frente a muitas árvores. Entre elas, a visão do rio Tapajós, que Sebastião diz que é sua piscina de 20 mil quilômetros de extensão”, brinca Dourado, que encarou, junto a Sebastião Tapajós, a missão de preparar os arranjos de piano das composições.

De acordo com o pianista, praticamente 80% das composições são inéditas, o que cria grande expectativa no público de Sebastião. “O estilo das canções representa a essência da música brasileira, com foco no regionalismo característico, no que foi conhecido mundialmente como ‘o violão de Sebastião Tapajós’”, descreve Anderson.

De fato, Sebastião Pena Marcião, como conta Alfredo Oliveira em seu já clássico livro “Ritmos e Cantares”, é, talvez, o músico amazônico mais celebrado internacionalmente. Nascido em um barco que navegava pelo baixo Amazonas, no município de Alenquer, ele começou a tocar cedo, encantado pelos seresteiros da região. Viveu em Santarém desde muito pequeno e, de lá, mudou-se para Belém onde passou a integrar o grupo de baile “Os Mocorongos”, sempre com destaque para o seu virtuosismo ao violão. Estudou em Portugal e na Espanha, onde também se apresentou, causando sempre grande impacto em seu público.

Desistiu de ser professor de música em Belém e mudou-se para o Rio de Janeiro, em 1967, onde não parou mais de encantar o público e foi contratado por várias gravadoras. Chegou a gravar oito discos em apenas três anos pelo selo do argentino Astor Piazzola. Sua carreira internacional deslanchou. Caiu nas graças, principalmente, da Alemanha, onde gravou dezenas de discos. Hoje já se vão mais de 50 discos e mais de 500 turnês por, pelo menos, 30 países.

Apesar disso, Tião, como é conhecido pelos amigos, é pessoa humilde, simples e generosa, que cita os parceiros paraenses com frequência, segundo o próprio Alfredo Oliveira. Com estilo único e inconfundível, o violão de Sebastião Tapajós viaja por uma harmonia densa e melodias fluidas, ora delicadas ora cheias de ataque percussivo. Os nomes de alguns de seus primeiros discos de sucesso dão o tom dessa magia: “Guitarra Cósmica” (1968), “Guitarra Fantástica” (1974) e “Guitarra Crioula” (1982), que conquistou o prêmio de Disco do Ano na Alemanha. Profícuo em sua produção, Tião lançou, em 2015, seu mais recente disco, “Aos da Guitarrada”, em que dialoga e festeja com o celebrado gênero paraense.

“Para ser bem sincero, o violão é a razão da minha vida. Ele é para mim, desde a minha infância em Santarém, a ajuda indispensável para uma boa comunicação”, disse ele, certa vez, nos idos de 1970. Sebastião é um artista como poucos. Um verdadeiro tesouro do Tapajós que, em Curitiba, vai apresentar as seguintes canções, todas de sua autoria: “Milonga do Sabiá”, “Arariá”, “Ana Cam”, “Tributo à Edna”, “Um pro Ney”, “Por entre as árvores”, “Amigos do Recife”, “Emanuele”, “Rei Solano” e “Aos da guitarrada”.

Links de espetáculos de Sebastião Tapajós:  

Serviço: Música: Sebastião Tapajós – Por Entre as Árvores
Local: CAIXA Cultural Curitiba. Rua Conselheiro Laurindo, 280 – Curitiba (PR).
Data: 27 a 29 de Abril de 2018 (sexta a domingo).
Horário: sexta e sábado, às 20h; e domingo, às 19h.
Ingressos: vendas a partir de 21 de Abril (sábado). R$ 20 e R$ 10 (meia – conforme legislação e correntistas que pagarem com cartão de débito CAIXA). A compra pode ser feita com o cartão vale-cultura.
Bilheteria: (41) 2118-5111 (De terça a sábado, das 12h às 20h. Domingo, das 16h às 19h.)
Classificação etária: Livre
Lotação máxima: 125 lugares (2 para cadeirantes).