segunda-feira, 20 de novembro de 2017

EMPORIUM HANDMADE - NATAL NESTE FIM DE SEMANA

 Feira multicultural, que acontece nos dias 25 e 26 de Novembro, no Clube Morgenau, firma-se como o mais tradicional evento autoral da cidade; edição tem ótimas opções para presentear
Comprar produtos direto de quem faz não é só um bom estímulo à economia quanto surpreendente no quesito originalidade e preço. Será realizada neste final de semana (25 e 26 de Novembro) a Emporium Handmade, que chega a sua 11.a edição mostrando a vitalidade de movimento autoral. A feira multicultural acontece no Clube Morgenau e tem entrada gratuita. Este é o evento curitibano que acompanhou o crescimento e a valorização do feito à mão e revelou marcas que se firmaram neste cenário. A edição de Natal não será diferente, a curadoria selecionou um mix de marcas que representam as tendências de consumo atuais com destaque para cosméticos naturais (livre de aditivos químicos), bordados, artesanato em tecido e madeira, acessórios para cabelo, comida vegana, produtos customizados, slow fashion, acessórios para pets, entre outros. “Quando começamos em 2014 o movimento autoral ainda era restrito, mas aos poucos vimos as marcas se firmarem e o interesse do público crescer para esse consumo mais consciente, que faz girar as ecnomias locais”, conta a artesã e idealizadora da Emporium Handmade, Meroly Felizardo. Além de conhecer as novidades, participar das apresentações culturais e workshops, o visitante poderá escolher presentes de Natal para a família inteira com ótimo custo-benefício. “Difícil sair da Emporium sem ao menos uma lembrança singela, mas que carrega grande energia e significado, pois é feita com as mãos”, resume Melory.

Mais do que de produtos, a Emporium Handmade é um grande encontro de pessoas com objetivos semelhantes. Por isso, compartilhamos com vocês alguns depoimentos de participantes sobre a feira. Essas pessoas são representantes de uma nova economia que se fortalalece a cada dia:   





“Conheci muitas marcas e estamos desenvolvendo parcerias dentro das feiras. Muitos clientes que tenho hoje me conheceram na Emporium. A organização e energia desse evento são maravilhosos!”,
Isabela May, da Misadorea (acessórios)

“Através da Emporium minha marca se tornou mais conhecida e eu também cresci profissionalmente e como pessoa, pois eu tenho convivido com profissionais e pessoas da mais alta estirpe. O Emporium Handmade é para mim uma família”,
Sérgio Miranda de Lima, Jardim de Vidro Terráreos.

“A Emporium para mim é uma referência, com um público participativo e de alto nível, não apenas no aspecto econômico, mais um público que sabe valorizar o trabalho criativo e feito com dedicação, além de ser uma importante vitrine para promover e divulgar meu negócio”,
Janaína Sousa, Sra. Geleia.

“A EmpHand me tirou da toca. Participo desde a primeira edição. Minha marca tornou-se conhecida, e eu muito mais confiante e segura”.
Patrícia Castilho, Atelier Pati Castilho - Feito à Mão.

“O público sente a diferença dessa feira e, nós, artesãos, também. Os visitantes se interessam pela história por trás dos produtos, sabem o valor e o diferencial do trabalho artesanal.
Não é só a venda que alegra, é um olhar atento, interessado, é um elogio, um sorriso. É o reconhecimento que todo artesão quer. Isso não tem preço!”
Mirian Moraes, Arte ao Vento.

“A Varanda Varandinha teve sua primeira aparição para o publico na 1a. Emporium Handmade. De lá pra cá, participamos de todas as edições, em Curitiba e em Joinville. A Emporium atrai um público muito conectado com o nosso propósito, um público que adotou uma postura de consumo consciente, que compra e valoriza o trabalho autoral e manual”,
Patrícia Forlan, Varanda, Varandinha

“As marcas se beneficiam desse evento com as vendas nos dias e posteriormente através de contatos que surgem após,”
Jô Ribas, Coisa &Tal

“A Emporium tem sido minha vitrine. Lá, além do apoio dos idealizadores, tenho contato com outras marcas que me ajudam a avaliar meu trabalho,”
Silvia Dias Jorge, Fabricata

“Como a marca é nova, participar da Emporium será uma oportunidade única de mostrar nossa marca para um público exigente, que sabe valorizar o trabalho local”,
Thais Lazzarini, ETKS.

“A chance das pessoas verem o produto ao vivo tem um aumento significativo no crescimento da marca”,
Fernanda Nasser Farion, Estudio Eulália (bordados)

Serviço: 11.a Emporium Handmade – Edição Natalina 
Clube Sociedade Morgenau - Av. Senador Souza Naves, 945 - Cristo Rei

Dias 25 e 26 de dezembro – sábado, das 11h às 20h, e domingo das 10h às 19h

1º CONGRESSO DE TANGO CHEGA A CURITIBA

A arte centenária, característica cultural inconfundível da Argentina, será apresentada durante 4 dias de evento

Em novembro, entre os dias 23 e 26, Curitiba receberá o 1° Congresso de Tango, uma iniciativa do Consulado Argentino, em parceria com o escritório de advocacia Küster Machado e a Câmara de Comércio Brasil/Argentina.
Serão quatro dias dedicados à celebração e aprendizagem do tango, um estilo de dança e música típicos da cultura argentina, e que podem ser traduzidos pela sensualidade e dramaticidade de seus passos e ritmos.
A programação do evento conta com aulas de tango em diversos níveis - iniciante, intermediário e avançado -, palestras, exposições, espetáculos de dança, milongas – bailes típicos -, apresentações, shows e consertos.
Segundo o Consul argentino, Pedro Ezequiel Marotta, o objetivo, além de aproximar culturas e promover o intercâmbio entre elas, é preencher uma visível lacuna na capital paranaense; uma cidade cinzenta, melancólica e charmosa, assim como o espírito do tango.
Já vivi em muitos países e em todos eles festivais de tango eram atrações recorrentes, pois se trata de uma arte riquíssima, galanteadora. Mas no Brasil, um país vizinho, sentimos uma carência deste tipo de iniciativa. Então, decidimos trazer para Curitiba e a recepção não poderia ter sido melhor, já temos um grande volume de inscrições, as aulas de tango avançada, por exemplo, já estão lotadas”, afirma Marotta.

Para criar uma áurea especial e aumentar o clima latino, toda a programação do 1° Congresso de Tango se concentrará no Centro Histórico da Cidade, famoso por suas encantadoras ruas de Petit-Pavê e belíssimas construções de arquitetura espanhola.
Durante o evento, também será possível conhecer e acompanhar o trabalho de artistas reconhecidos internacionalmente, como Eliane de Markondes, Ariel Manzanares, Hugo Hoffman, Leonardo Taques, Gabriel Castro e Natacha Muriel.

Sobre a Câmara de Comércio Brasil/Argentina
A Câmara de Comércio Brasil/Argentina, apoiadora do 1° Congresso de Tango, é uma organização civil sem fins lucrativos que objetiva o fortalecimento do comércio e turismo, bem como o intercâmbio cultural e de serviços, entre os dois países.
De acordo com Marotta, que também atua como tesoureiro da Câmara, o Paraná é o 2° principal parceiro comercial da Argentina – só fica atrás da China – e a troca entre os dois rende, anualmente, cerca de US$ 3 bilhões.
Desta forma, a Câmara, fundada em 2017, atua como um facilitador de relacionamento, assegurando que a parceria comercial e cultural se mantenha forte, seja capaz de gerar oportunidades, siga um bom fluxo de negócios bilatérias e possibilite a troca de conhecimento, expertise e networking.

Serviço: Evento: 1° Congresso de Tango
Data: 23 a 26/11 
Local: Centro Histórico de Curitiba
Inscrições e informações sobre a programação: http://www.congressodetangocuritiba.com.br/

TENDÊNCIAS DE CORES PARA 2018 EM EVENTO NA IMPERMIX


Nessa semana a Impermix promove evento sobre as tendências de cores da Suvinil para 2018

O colorido que inova a cada  ano 

Impermix celebra o fim do ano com seu tradicional evento de tendências em cores na decoração. 
A palestra será com Tanara Goes, especialista em cores e colaboradora do Estúdio Prisma, empresa dedicada ao estudo da cor, ela será a responsável por mostrar em primeira mão para profissionais da arquitetura, design e decoração quais  serão as tendências para 2018.

O evento se realizará no dia 22 de Novembro, quarta-feira, a partir das 19h, na loja da Impermix, localizada no bairro Rebouças, na Rua Alferes Poli, 1199, Curitiba. 


MOSTRA TRENDS DECOR NA INOVE DESIGN

Mostra Inove 2017
Inove Design inaugura amanhã, terça-feira, dia 21 de Novembro, às 19h30, a Mostra Inove 2017.
A mostra tem a curadoria da arquiteta Carla Kiss, que será na loja do Jardim Social , que apresentará mais sete espaços assinados por nomes como Carla Grüdtner, Clarice Volpi, Deborah Nicolau, Denise Leal Ribas e Caroline Leal Ribas, Fernanda Bastos, Fernanda Borio e Mariana Paula Souza, cada um representando uma tendência. 
Para tornar a festa ainda mais agradável, a Inove convidou a cantora Marcella Malczewski  que com sua belíssima voz  vai embalar a noite dos convidados. 
Aberta ao público a partir do dia 22, a mostra acontece na Av. Nossa Senhora da Luz, 1715 - Jardim Social, Curitiba.

LOUNGE DE NATAL TEM VISTA PRIVILEGIADA PARA O ESPETÁCULO DO PALÁCIO AVENIDA

A Araçá Eventos e o Campus Universitário UniSociesc assinam o Lounge de Natal como uma das melhores vistas para o espetáculo natalino do Palácio Avenida, este ano, em Curitiba. O Lounge Araçá UniSociesc será no edifício Mesbla, campus do Centro Universitário, ao lado do Palácio Avenida, na Avenida Luiz Xavier, n.º 40. 
Ano passado no Palácio Avenida, Foto: André Bezerra. 
Numa área ambientada, as pessoas poderão apreciar o espetáculo “O Palácio Encantado” do Natal Bradesco, com comidas e bebidas para adultos e crianças. As apresentações podem ser vistas do lounge nos finais de semana, dias 2 e 3, 8 a 10 e 15 a 17 de Dezembro. Na data de estreia do evento, 1.º de Dezembro, o lounge está reservado para o UniSociesc. O espetáculo começa às 20h15, mas o lounge estará aberto a partir das 18 horas.
O investimento é de R$ 150,00 para adultos, R$ 100,00 para crianças e menores de dois anos não pagam. Os lugares são limitados – 100 por dia – e haverá assento para todos na varanda da antiga Mesbla, no primeiro andar. Os ingressos estão à venda no Diskingressos pelo telefone 41 3315-0808 ou www.diskingressos.com.br
Mais informações pelo WhatsApp 41 99103-3880.

Serviço: Lounge de Natal Araçá-UniSociesc
Dias: 2,3,8,9,10,15, 16 e 17 de Dezembro de 2017
Endereço: Edifício Mesbla, na Avenida Luiz Xavier, n.º 40 - Centro
Aberto a partir das 18 horas
Ingressos: R$ 150,00 (adultos), RS 100,00 (crianças); menores de dois anos não pagam.


SEEC ANUNCIA A PROGRAMAÇÃO DA SEMANA DO MÊS DA CONSCIÊNCIA NEGRA E MOSTRAS


A programação desta semana do Mês da Consciência Negra inicia com as atividade do Dia da Consciência Negra, hoje, dia 20 de Novembro, e segue até o dia 24. Homenagens, abertura de exposição, bate-papos e mostra de filmes estão previstas nos espaços culturais do Estado.

Nesta segunda-feira (20/11), Dia da Consciência Negra, o governador Beto Richa fará a entrega do “Diploma de Personalidade Afro-Paranaense” a 10 mulheres que se destacam pelo compromisso com a promoção da igualdade racial e pelas ações de valorização da população negra. As homenageadas são: Ana Maria Santos da Cruz (Comunidades Quilombolas), Clemilda Santiago Neto (História), Clemildes Ferreira Bahr (Cultura Popular), Dalzira Maria Aparecida (Religião de Matriz Africana), Dora Lucia de Lima Bertulio (Direito), Dulcinéia Novaes (Comunicação), Edna Aparecida Coqueiro (Educação), Geisa Costa (Artes), Michelle Mara (Juventude) e Nará Souza Oliveira (Educação). A solenidade será no Salão Nobre do Palácio Iguaçu, às 14h30, para convidados.

No mesmo dia, às 18h30, o Museu da Imagem e do Som do Paraná (MIS-PR) abre a exposição “Todas as pontas do Lápis”, uma homenagem ao sambista que fez sucesso nas décadas de 1960 e 1970, embalando a boemia curitibana da época. A abertura contará com a apresentação do grupo Quintal da Goiabeira, que interpretará canções de Lápis.

Ainda no dia 20, o Museu Alfredo Andersen recebe a exposição “O visível do invisível”, com intervenções urbanas e instalações do artista visual Sérgio Adriano H. A mostra permanece até o dia 22 de novembro.

Por sua vez, na quarta-feira, dia 22, a fotógrafa Fernanda Castro, autora da mostra “Negros no Paraná” em cartaz no Museu Oscar Niemeyer estará no miniauditório do museu para conversar com os visitantes a partir das 15h. Enquanto na Biblioteca Pública do Paraná, no mesmo dia e horário, ocorre um bate-papo com a autora Gessy Gess, sobre seu livro “Minha vida com o poeta”, em que ela conta como foi a convivência ao lado de Vinicius de Moraes.

Os bate-papos continuam na quinta-feira, dia 23. O Museu Paranaense recebe os pesquisadores Selma Baptista, Caroline Blum, Brenda Maria e João Carlos Freitas para uma conversa sobre o carnaval de Curitiba. Já no Museu de Arte Contemporânea do Paraná, o artista Nelson Sebastião apresenta a “Coroação de Reis Negros - Imagens do Congado Mineiro”, em que ele comenta as fotografias e a experiência por trás das imagens. Ambas iniciam às 15h.

E nos dias 23 e 24 de novembro, a programação fica por conta do Museu da Imagem e do Som do Paraná com a exibição dos filmes “Ao mestre com carinho” (quinta-feira) e “Cafundó” (sexta-feira). As sessões começam às 19h no auditório do MIS-PR.

A programação completa do Mês da Consciência Negra está disponível em www.cultura.pr.gov.br.

Serviço: Programação nos espaços
Biblioteca Pública do Paraná
Rua Cândido Lopes, 133. Curitiba/PR

Museu Alfredo Andersen
Rua Mateus Leme, 336 – São Francisco. Curitiba-PR

Museu de Arte Contemporânea do Paraná
Rua Desembargador Westphalen, 16. Curitiba/PR.

Museu da Imagem e do Som do Paraná
Rua Barão do Rio Branco, 395 – Centro. Curitiba/PR

Museu Oscar Niemeyer
Rua Marechal Hermes, 999. Curitiba/PR

Museu Paranaense
Rua Kellers, 289. Curitiba/PR



CORAL DA TEA TIME QUE CANTA SÓ EM INGLÊS APRESENTA MÚSICAS DE NATAL


A partir do próximo dia 22 de Novembro, às 15h30, um grupo de 13 cantores, todos com mais de 50 anos, vai cantar alguns dos mais conhecidos sucessos de Natal do mundo.  “White Christmas”, “We Wish You A Merry Christmas”, “Silent Night, Holy Night” e “War Is Over”, esta última do cantor e compositor John Lennon. É a estreia do Coral da Tea Time – Inglês para Maiores de 50 Anos.

Criado em agosto deste ano, o coral é regido por Ingrid Stein e seus integrantes têm as idades de 50 a 80 anos. Ingrid, que é também regente-assistente da Orquestra Filarmônica da UFPR, conta que o repertório busca aprimorar o aprendizado da língua inglesa pelos alunos. Mas, além disso, os clássicos de Natal são muito tradicionais. A regente já trabalhou com coristas acima de 50 anos no coral da PUC-PR. “É uma experiência muito gostosa. O coral da Tea Time é formado só por pessoas com vontade de cantar”, afirma. 

A professora aposentada Walkyria Gaertner Boz, de 80 anos, é fã de coral desde menina e já participou de corais na escola e na faculdade. Além disso, quando lecionava criou dois corais entre os anos de 1965 e 1971. Walkyria fez curso de Canto Coral na Escola Nacional de Música do Rio de Janeiro há mais de 60 anos. Mais recentemente participou de coral em Curitiba. “É muito bom participar do coral da Tea Time. Amo música e não há coisa melhor e que dê tanta satisfação. Eu participo com muito entusiasmo e quero que ele cresça e se transforme num coral de pessoas animadas e que dão valor à música como um fator de confraternização e princ ipalmente de trabalho em equipe”, diz Walkyria.

O economista aposentado Nelson de Paiva Bello, 72 anos, também participa do coral da Tea Time. Ele nunca teve experiência com coral, mas com música sim, nos anos sessenta, quando cantou num conjunto musical. “Pretendo continuar no coral, porque a escola Tea Time é um local especial. O ambiente, o clima da escola é gostoso e de amizade e de confraternização. Tinha noção de inglês, mas não conseguia falar. Na Tea Time soltei a língua. E aprender inglês com música incrementa o vocabulário”, avalia.
  
Serviço:  Apresentação do Coral da Tea Time – Inglês para Maiores de 50 Anos
Data: 22/11, às 15h30
Local: Tea Time Batel - Alameda Presidente Taunay, n.º 540, Batel; Rua Fernando Amaro, n.º 60
Tel. 41 3203-9727
Data: 06/12, às 15h30
Local: Tea Time da Fábrika - Rua Fernando Amaro, n.º 60, Alto da XV.
Tel. 41 3044-0444
Data: 08/12, às 17h15 (somente para convidados)
Local: Tea Time Batel - Alameda Presidente Taunay, n.º 540, Batel; Rua Fernando Amaro, n.º 60
Tel. 41 3203-9727.

  

sábado, 18 de novembro de 2017

SALÃO DO AUTOMÓVEL DE CURITIBA SERÁ NA EXPO RENAULT BARIGÜI

O evento automotivo mais esperado e glamoroso do Sul do País, o Salão do Automóvel de Curitiba, está confirmado para acontecer entre os dias 23 e 27 de Novembro, no Expo Renault Barigui. De acordo com o organizador do evento, Joe Araujo Junior, a feira tem expectativa de atrair aproximadamente 40 mil pessoas, que poderão conferir importantes lançamentos  e produtos das principais marcas nacionais e internacionais, através de seus concessionários. Nesta edição, o destaque será para os superesportivos apresentados como Ferrari, por exemplo, que estarão disponíveis para venda. Também haverá a exposição de veículos “fora-de-série”, carros antigos, motocicletas e embarcações, o que torna o evento uma mostra ampla e diversificada.

Esta edição do evento, que reunirá cerca de 30 stands durante os cinco dias de feira, terá o diferencial de começar na quinta-feira (23) e ser finalizado, estrategicamente, na segunda-feira (27), visando o melhor atendimento aos clientes interessados em boa negociação para fechamento das vendas, comenta Junior. “Devido ao alto fluxo de visitantes que sempre temos aos sábados e domingos, resolvemos finalizar na segunda-feira, para que dessa forma pudéssemos dar atenção aos clientes que pretendem aproveitar as condições diferenciadas e únicas oferecidas no evento, para fechar negócio". 
O Salão do Automóvel de Curitiba chega a sua 17ª edição, tornando-se uma referência em evento institucional e comercial no segmento automotivo e ao gosto dos curitibanos.
Em breve serão confirmadas as marcas presentes no evento e os valores dos ingressos. 
SERVIÇO: Salão do Automóvel de Curitiba 
Datas: 23 a 27 de Novembro de 2017 (quinta, sexta, sábado, domingo e segunda).
Local: Expo Renault Barigüi (Rodovia do Café (BR 277) KM 0 – Santo Inácio).  
Horários:
23/11 - (Quinta-feira) das 17h às 22h.
24 /11 - (Sexta-feira) das 17h às 22h.
25 /11 - (Sábado) das 14h às 21h.
26 /11 - (Domingo) das 14h às 21h.
27/11 - (Segunda) das 17h às 22h. 

sexta-feira, 17 de novembro de 2017

FEIRA ALIMENTOS DA GRACIOSA

Fim de semana chegando e tem vasta programação na Feira Alimentos da Graciosa, que acontece nos dias 18 e 19 de Novembro, a primeira Feira Alimentos da Graciosa, no município de Quatro Barras, região metropolitana de Curitiba.

O evento tem como objetivo valorizar os cozinheiros e produtores da região em torno da Estrada da Graciosa, importante trecho da história do Paraná, bem como um Patrimônio Mundial da Biodiversidade, conforme a UNESCO.

Haverá uma programação vasta, com oficinas de horta e raku, palestras e bate papos, slow food, muro de escalada e slack line também para crianças, pedalada saindo de Curitiba, além de produtos da região para levar para casa. As opções de comida no local também são preparadas pelos produtores e chefs da terra. 


OPÇÕES DE COMIDA
-       Chácara Castelo Forte: doces e tortas
-       Colo da Terra: saladas orgânicas
-       Restaurante Piccolo: galinhada com polenta
-       Salumeria Monte Bello: porchetta, linguiça e pernil na brasa
-       Terra Brasil: lanches e café

OPÇÕES DE BEBIDA
-       Bicimáquina: chá mate batido na Biciliquadora
-       Colo da Terra: sucos orgânicos e chás
-       Família Fardo Vinícolo: vinho finos
-       Microcervejaria Porto de Cima: chope artisanal
-       Água potável livre pela Beegreen


Data: 18 e 19 de Novembro - sábado e domingo das 0 às 17h
Local: Igreja da Campininha. Av. Dom Pedro II, s/n (próx. ao 6002) – O jeito mais fácil de chegar ao local é digitando “Salumeria Monte Bello” no Waze ou no Google Maps. Fica 1km antes. Quatro Barras - PR
Público: para todas as idades
Entrada gratuita em diversas atividades.


OPORTUNIDADES DESIGUAIS PARA MULHERES NO MUNDO DOS NEGÓCIOS - EM AUTOBIOGRAFIA

Oportunidades desiguais para mulheres no mundo dos negócios sãtema de autobiografia de empreendedora social

Rafaela Kaesemodel relata com delicadeza e coragem a dificuldade de ascensão profissional na empresa da família

A cada dia que passa, novas pesquisas mostram que as oportunidades de ascensão profissional para homens e mulheres nas empresas, apesar de já não serem como eram cinquenta anos atrás, ainda estão muito distantes de um ponto de equilíbrio. O contexto corporativo predominantemente masculino, que mantém a mulher com oportunidades de carreira muito inferiores às que são oferecidas aos homens, faz parte de uma cultura que não está apenas nas empresas, mas também nas famílias e na forma como educam suas crianças. A empreendedora social Rafaela Kaesemodel, de Curitiba, buscou em algumas dessas pesquisas globais desenvolvidas por instituições como Boston Consulting Group, McKinsey & Company e LeanIn.Org o espelho universal para seu caso particular. Esse aspecto, incorporado à uma narrativa leve e com muito sentimento, em um misto de memória afetiva e reflexão sobre a condição da mulher em uma sociedade ainda regida pelo poder masculino, deu a ênfase para a autobiografia VIDA Minha História. Um livro que traduz a essência da alma feminina em toda a sua delicadeza e coragem, dois sentimentos tão fortes e presentes na vida e na história de mulheres que não desistem de lutar por seus sonhos.


         Ao compartilhar com o leitor seu relato de vida, Rafaela Kaesemodel dá especial atençãà perspectiva da mulher no contexto das empresas familiares e a sua experiência em um mundo profissional profundamente marcado pelo protagonismo masculino. Escrito sob o ponto de vista de alguém que efetivamente viveu os efeitos de uma visão de gênero equivocada e fortemente arraigada na cultura do mundo do trabalho, o relato de Rafaela acessa memórias de sua infância e juventude e mostra como a base dessa visão tem raízes nas relações cotidianas das famílias, mesmo nas camadas mais privilegiadas da sociedade.
  
Cultura empresarial e ambição  
             O livro cita um estudo recente feito com mais de 200 mil empregados de 189 países e publicado em abril de 2017 pelo bcg (Boston Consulting Group). “Isso me ajudou a enxergar que a cultura da companhia influencia a ambição dos empregados”, diz Rafaela. “Em lugares onde a participação feminina é tão valorizada quanto a masculina, homens e mulheres podem ter aspirações semelhantes. Em nossa empresa, não havia outras mulheres em cargos de direção. Quando surgiu uma oportunidade para que duas antigas e competentes funcionárias fossem promovidas e passassem a fazer parte da diretoria, meu irmão e meu pai preferiram contratar profissionais de fora; além disso, eram homens.”


Relato que permite reconhecer a universalidade da condição humana na trajetória particular de cada indivíduo, o gênero autobiográfico, em especial, reforça a nobreza do livro como um meio insuperável de compartilhamento de experiências, na forma de um objeto com imenso valor humano. “ De todos os instrumentos do homem, o mais maravilhoso, sem dúvida, é o livro”, disse o escritor Jorge Luis Borges, lembrando que os demais instrumentos são extensões de seu corpo, mas que o livro não; o livro é outra coisa: “O livro é uma extensão da memória e da imaginação”. Nos últimos anos, Rafaela colecionou uma série de interessantes insights, em sua maioria ditos por mulheres. São frases que a inspiram e ajudam a entender melhor certos momentos de vida. E que nesta edição ela compartilha com os leitores.
  
Microassédios  
      A leitura do exercício de memória e narrativa apresentado em Vida: Minha História nos oferece uma vez mais a oportunidade de entender o mundo a partir da aldeia, de enxergar o universal a partir do particular.  
         “No dia em que ela pediu que eu a treinasse, fiquei com receio”, relata o consultor de estratégia empresarial e coach Daniel Delgado-Saldívar, que assina o prefácio do livro. “Sei da força das mulheres e de sua jornada dupla e tripla; sei da persistência e da resistência que desenvolvem após anos tendo que aguentar microassédios e após décadas em que são preteridas, ignoradas e desvalorizadas. Mas com muita condescendência, isso sim.”
          Ao compartilhar suas memórias, a autora lança luz sobre uma verdade predominante num mundo corporativo que, em boa medida, ainda é uma terra de homens. Assim, sua obra é também uma contribuiçãà reflexão sobre o papel feminino (desejado, consentido ou conquistado) no mundo dos negócios e na sociedade brasileira nestas décadas iniciais do século XXI.
  
PERFIL DA AUTORA 
Rafaela Kaesemodel, autora de Vida: Minha Históriaé empreendedora social. Junto com sua irmã gêmea, Sabrina Muggiati, lidera o projeto Eu Digo X, que auxilia pessoas com Síndrome do X Frágil e seus familiares. Condição genética ainda pouco conhecida, essa doença afeta o desenvolvimento intelectual. Estabelecidas em Curitiba, as duas irmãs orientam famílias no reconhecimento e diagnóstico da Síndrome do X Frágil. Em seu primeiro livro, Rafaela relata como enfrentou os desafios no mundo masculino e familiar dos negócios e seu choque com uma poderosa cultura que impõe limites à ação da mulher no Brasil contemporâneo. Com coragem e gêneros idade, compartilha a visão que tem de si mesma e do mundo. Entre um pouco da trajetória épica de seus antepassados imigrantes e as muitas cenas de sua formação e experiências pessoais, ela compõe uma obra que ajuda a entender suas escolhas e os eventos e condições que a levaram a abraçar a causa do X Frágil como sua grande missão.

Serviço: LANÇAMENTO Livro - Vida: Minha História
22 de Novembro de 2017, quarta-feira,às 19h30

Livrarias Curitiba do ParkShoppingBarigüi